Dica de Literatura – Informalidade da linguagem é traço típico do Modernismo. Caiu no Enem.

paraestudar

A questão destaca que “uma das propostas mais ousadas do Modernismo foi a busca da identidade do povo brasileiro e o registro, no texto literário, da diversidade das falas brasileiras”.  O título do texto de Manuel Bandeira a seguir expressa uma forma coloquial (“Para mim brincar”), considerada gramaticalmente incorreta. O correto seria dizer: “Para eu brincar”.

O pronome pessoal oblíquo “mim” não deve exercer função de sujeito na frase. Nas entrelinhas, fica claro que, habitualmente, quem não sabe gramática, fala assim. E, intencionalmente, os modernistas incorporam a linguagem popular em seus textos.

PRA MIM BRINCAR

Não há nada mais gostoso do que o mim sujeito de verbo no infinito. Pra mim brincar. As cariocas que não sabem gramática falam assim. Todos os brasileiros deviam de querer falar como as cariocas que não sabem gramática. As palavras mais feias da língua portuguesa são quiçá, alhures e miúde.

BANDEIRA, Manuel. Seleta em prosa e verso. Org: Emanuel de Moraes. 4a ed. Rio de Janeiro, José Olympio, 1986, p.19

supletivoIUB

Esta entrada foi publicada em Para Estudar e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *