Crítica a hábitos alimentares na sociedade contemporânea. Caiu no Enem.

paraestudar
O autor do texto abaixo critica, ainda que em linguagem metafórica, a sociedade contemporânea em relação aos seus hábitos alimentares. Com base no texto, são propostas duas questões.
 
“Vocês que têm mais de 15 anos, se lembram quando a gente comprava leite em garrafa, na leiteria da esquina? (…)
Mas vocês não se lembram de nada, pô! Vai ver nem sabem o que é vaca. Nem o que é leite. Estou falando isso porque agora mesmo peguei um pacote de leite – leite em pacote imagina Tereza! – na porta dos fundos e estava escrito que é pasterizado, ou pasteurizado, sei lá, tem vitamina, é garantido pela embromatologia, foi enriquecido e o escambau.
Será que isso é mesmo leite? No dicionário diz que leite é outra coisa: ‘Líquido branco, contendo água, proteína, açúcar e sais minerais’. Um alimento pra ninguém botar defeito. O ser humano o usa há mais de 5.000 anos. É o único alimento só alimento. A carne serve pro animal andar, a fruta serve pra fazer outra fruta, o ovo serve pra fazer outra galinha (…) O leite é só leite. Ou toma ou bota fora. Esse aqui examinando bem, é só pra botar fora. Tem chumbo, tem benzina, tem mais água do que leite, tem serragem, sou capaz de jurar que nem vaca tem por trás desse negócio. Depois o pessoal ainda acha estranho que os meninos não gostem de leite. Mas, como não gostam? Não gostam como? Nunca tomaram! Múúúúúúú!”
 
(FERNANDES, Millôr. O Estado de S. Paulo, 22 de agosto de 1999)
 
A primeira questão ressalta que a crítica do autor é dirigida “à
artificialização abusiva de alimentos tradicionais, com perda de critério para julgar sua qualidade e sabor”. A segunda questão destaca a palavra “embromatologia” usada pelo autor. Trata-se de um neologismo (palavra nova criada a partir de outra existente): “uma composição do termo de gíria “embromação” (enganação) com bromatologia, que é o estudo dos alimentos”.
Esta entrada foi publicada em Para Estudar e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *