Dica de Artes – Tatuagem: prática se transforma no tempo. Caiu no Enem.

paraestudar
Dica de Artes – Tatuagem: prática se transforma no tempo. Caiu no Enem.
 
A palavra tatuagem é relativamente recente. Toda a gente sabe que foi o navegador Cook que a introduziu no Ocidente, e esse escrevia tattou, termo da Polinésia de tatou ou tu tahou, “desenho”.
 
(…) Desde os mais remotos tempos, vemo-la a transformar-se: distintivo honorífico entre uns homens, ferrete de ignomínia entre outros, meio de assustar o adversário para os bretões, marca de uma classe de selvagens das ilhas marquesas (…) sinal de amor, de desprezo, de ódio (…). Há três casos de tatuagem no Rio,
completamente diversos na sua significação moral: os negros, os turcos com o fundo religioso e o bando de meretrizes, dos rufiões e dos humildes, que se marcam por crime ou por ociosidade.
 
RIO, João do. Os Tatuadores. Revista Kosmos. 1904. Apud: A alma encantadora das ruas. São Paulo: Cia das Letras, 1999.
 
Com base no texto, é possível afirmar que: João do Rio revela como a tatuagem já estava presente na cidade do Rio de Janeiro, pelo menos desde o início do século XX, e era mais utilizada por alguns setores da população. E ainda o texto mostra como a tatuagem é uma prática que se transforma no tempo, alcançando inúmeros sentidos nos diversos setores das sociedades e para as diferentes culturas.
Esta entrada foi publicada em Para Estudar e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *