Dica de Matemática

paraestudar
Dica de Matemática
– Análise de variáveis proporcionais entre as medalhas de ouro dos primeiros colocados nas Olimpíadas de 2004 a 2016. Prepare-se para o Enem. O total de medalhas de ouro entre os três primeiros países mantém mais ou menos a proporção dos exatos 1/3 obtidos nas Olimpíadas de Sydney (100 do total de 300 medalhas de ouro):
•Jogos Olímpicos de Atenas (2004). 301 medalhas de ouro: EUA 36; China 32; Rússia 27; Austrália 17; Japão 16; Outros 173. Três primeiros colocados: EUA, China e Rússia (36 + 32 + 27), total de 95 medalhas, pouco menos que 1/3 (1/3 de 301 = 100,3…). •Jogos Olímpicos de Pequim (2008). 302 medalhas de ouro: China 51; EUA 36; Rússia 22; Grã-Bretanha 19; Alemanha 16; Outros 158. Três primeiros colocados: China, EUA e Rússia (51 + 36 + 22), total de 109 medalhas, pouco mais que 1/3 (1/3 de 302 = 100,6…). •Jogos Olímpicos de Londres (2012). 302 medalhas de ouro: EUA 46; China 38; Grã-Bretanha 29; Rússia 24; Coreia do Sul 24; Outros 141. Três primeiros colocados: EUA, China e Grã-Bretanha (46 + 38 + 29), total de 113 medalhas, pouco mais que 1/3 (1/3 de 302 = 100,6…). •Jogos Olímpicos do Rio (2016). 307 medalhas de ouro: EUA 46; Grã-Bretanha 27; China 26; Rússia 19; Alemanha 17; Outros 172. Três primeiros colocados: EUA, Grã-Bretanha e China (46 + 27 + 26), total de 99 medalhas, pouco menos que 1/3 (1/3 de 307 = 102,3…).

 

Esta entrada foi publicada em Para Estudar e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *