Dica de Química – Grandes volumes de pirita. Caiu no Enem

paraestudar
Dica de Química – Grandes volumes de pirita. Caiu no Enem

A formação frequente de grandes volumes de pirita (FeS2) em uma variedade de depósitos minerais favorece a formação de soluções ácidas ferruginosas, conhecidas como “drenagem ácida de minas”. Esse fenômeno tem sido bastante pesquisado pelos cientistas e representa uma grande preocupação entre os impactos da mineração no ambiente. Em contato com oxigênio, a 25 °C, a pirita sofre reação, de acordo com a equação química:

4 FeS2 (s) + 15 O2 (g) + 2 H2O (l) —– 2 Fe2(SO4)3 (aq) + 2 H2SO4 (aq)

FIGUEIREDO. B. R. Minérios e Ambientes. Campinas: Unicamp, 2000.

Para corrigir os problemas ambientais causados por essa drenagem, a substância mais recomendada a ser adicionada ao meio é o:
a) sulfeto de sódio.
b) cloreto de amônio.
c) dióxido de enxofre.
d) dióxido de carbono.
e) carbonato de cálcio.

Resolução: resposta (e). A reação mostrada na equação produz ácido sulfúrico e um sal (sulfato férrico), que por hidrólise produzirá um ácido forte. Para neutralizar um ácido, deve-se usar uma base. O carbonato de cálcio é um sal que, em contato com a água, sofre hidrólise, produzindo hidróxido de cálcio e ácido carbônico, que se degrada por ser instável e deixa o meio básico.

Esta entrada foi publicada em Para Estudar e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *